Top 5: Filmes de animação

tumblr_lsalh5xAwz1qge052o1_500_large

Quem nunca se emocionou com os filmes da Disney? Riu com os filmes da DreamWorks? Eu amo filmes de animação e nunca serei velha demais para assisti-los. Abaixo eu selecionei os meus cinco filmes de animação favoritos (foi muito difícil, porque eu adoro praticamente todos que eu assisto!).

1. Toy Story 1, 2 e 3:

toy story

Eu amo todos os filmes do Toy Story, tanto que não consegui escolher qual colocar aqui, então resolvi colocar todos juntos. O primeiro filme conta a história de Woody, um caubói, que é o brinquedo favorito de Andy, seu dono. Mas quando Andy ganha de presente Buz, um astronauta de brinquedo, Woody se sente um pouco de lado e tem que aprender a lidar com isso. No segundo filme, Woody é acidentalmente vendido para um colecionador de brinquedos, que tenta o convencer que Andy não o ama e cabe a Buz salvar o caubói. Já no terceiro filme, Andy está indo para faculdade  e sua mãe doa todos os seus brinquedos para uma creche, onde os brinquedos são “maltratados” e de lá tentam fugir.

2. Meu Malvado Favorito (Despicable Me):

meu-malvado-favorito

O filme conta a história de Gru, um vilão profissional, que tem a ideia de roubar a Lua, o que fará dele o maior vilão da história. Mas para isso Gru precisa da ajuda de três irmãs órfãs, Margo, Edith e Agnes. O filme é muito fofo e ótimo para dar algumas boas risadas. Eu, particularmente, sou apaixonada pelos mínions (criaturinhas amarelas que trabalham como ajudantes de Gru) e estou muitoooo ansiosa para ver Meu Malvado Favorito 2.

3. Rei Leão (The Lion King):

o rei leão10

Este filme, é um dos filmes mais emocionantes que eu já vi, todas as vezes que eu olho eu choro, outra coisa que também me encanta é as músicas Hakuna Matata e O Ciclo da Vida, eu sempre canto e danço quando eu assisto. O filme conta a história de Simba, filho do Rei Leão, que é o herdeiro do trono. Ao crescer, Simba acaba se envolvendo nas artimanhas de seu tio Scar, que deseja se livrar do sobrinho para comandar a selva.

4. Monstros S.A (Monsters, Inc):

boo-cute-film-monsters-inc-pixar-Favim.com-74730_large

A fábrica Monstros S.A. é a maior fabricante de sustos. Localizada em um universo paralelo, a fábrica constrói portais que levam os monstros até quartos de crianças. O monstro mais assustador é Sully, ele e seu ajudante Mike Wzowski tem como missão assustar as crianças, ser que os monstros consideram tóxicos e muito perigosos. Esse filme é muito fofo e dá até vontade de chorar, mas também é muito bom pra rir, principalmente do Mike!

5. Procurando Nemo (Finding Nemo):

procurandonemo

Por último, mas não menos importante, temos Procurando Nemo. O filme já começa triste, quando a esposa de Marlin morre, junto com quase todos os filhotes da ninhada, o único que sobrevive é Nemo, que acaba ficando um defeito na nadadeira. Marlin acaba virando um pai super protetor e, quando ele e Nemo discutem, Nemo acaba fugindo e é capturado por um mergulhador. A partir daí Marlin passa a procurar Nemo por todo o oceano com a ajuda de sua amiga Dory. Esse filme é muito engraçado e  foi o primeiro que eu assisti no cinema, com apenas quatro anos!

Eu gostaria de ter colocado muitooo mais filmes, mas como é um Top 5, não deu 😦 .

Vocês gostaram dos filmes que eu escolhi? Qual vocês escolheriam? Comentem!

xoxo

Júlia

Anúncios

Filmes da semana (04)

filmesSe tudo der certo, eu pretendo postar no início de cada semana (domingo ou segunda, ainda não decidi) uma pequena resenha dos filmes que assisti na semana anterior. Essa semana não tive tempo de ir no cinema, mas mesmo assim assisti alguns filmes em casa.

Hotel Transilvânia: O Hotel Transilvânia é um hotel cinco estrelas, que serve de refúgio para todos os tipos de monstros e é comandado pelo Conde Drácula. No aniversário de 118 anos de sua filha Mavis, Drácula convida os amigos para comemorar. O que ele não esperava é que Jonathan, um humano muito aventureiro fosse aparecer no local, justo quando ele está lotado e, ainda por cima, se apaixonaria por Mavis. O filme é muito fofo e engraçado, fala de amor de uma maneira infantil e diferente. Adorei! Nota: ★★★★

Sexo sem compromisso (No Strings Attached): Eu sempre quis assistir esse filme, pois eu adoro a Natalie Portman e, quando vi essa foto no tumblr, achei que o filme devia ser muito fofo. Adiei por um tempo, mas esses dias vi que estava passando na TV e resolvi assistir. É um filme descontraído, bom para rir e se emocionar (eu sou muito emotiva, choro em quase todos os filmes que vejo). Adam (Ashton Kutcher) após descobrir descobrir que sua ex namorada está namorando seu pai, liga para todas as mulheres da lista de contatos de seu celular e acaba indo para a casa de Emma (Natalie Portman). Os dois então resolvem se encontrar constantemente para fazer sexo, mas sem estar em um relacionamento sério. Só que após um tempo os sentimentos vão mudando… Nota: ★★★★

O diário de Bridget Jones (Bridget Jones’s Diary): Bridget Jones é uma solteirona de 32 anos, que está cansada de ficar sozinha. Então na noite do ano novo ela decide que sua resoluções para o novo ano serão emagrecer e conquistar seu chefe, ela faz tudo isso com a ajuda de seu mais novo diário. O filme é ótimo para dar boas risadas e se encantar com o sotaque britânico dos personagens.  Nota: ★★★

Essa semana eu também assisti Ruby Sparks e O Lado Bom da Vida , que eu inclusive já resenhei aqui no blog.

Vocês já assistiram algum desses filmes? Gostaram? Comentem!

xoxo

Júlia

 

Trilha sonora para o fim de semana!

Imagem

Ultimamente, eu tenho escutado músicas mais calmas ou acústicas. Não sei se é porque estamos no auge do verão ou se é porque eu estou indo muito para a praia, mas eu estou numa vibe mais praiana e relaxada.

Confira as músicas!

 

Que músicas vocês estão ouvindo? Conhece alguma das músicas que eu citei? Gosta? Comente!

xoxo

Júlia

Ruby Sparks: A Namorada Perfeita

Quando eu ouvi falar desse filme pela primeira vez, logo pensei que fosse um tipo clássico de comédia romântica, onde um homem se apaixona por uma mulher que não gosta dele (ou vice versa), mas ele conquista ela e eles vivem felizes para sempre. Mas um dia, olhando alguns vídeos no YouTube, eu vi uma menina comentando que esse filme era um dos melhores, se não o melhor, que ela havia assistido em 2012. Desde então, Ruby Sparks estava na minha lista de filmes que eu pretendia assistir.

Imagem

O filme conta a história de Calvin (Paul Dano), um escritor que após escrever um grande sucesso, sofre com um bloqueio criativo. Com problemas também na sua vida pessoal, Calvin sonha com uma linda mulher, chamada Ruby (Zoe Kazan) e ele resolve escrever sobre ela, e essa passa a ser a única coisa que Calvin deseja fazer. Um dia ele acorda e percebe que Ruby ganhou vida, ela então, passa a conviver e se relacionar com Calvin.

Mesmo com um final meio perturbador, eu realmente me surpreendi com o filme, não esperava que ele fosse tão bom. A história é muito fofinha e descontraída. E a atuação de Zoe Kazan me surpreendeu muito, o jeito dela falar me lembra um pouco a Zooey Deschanel (uma das minhas atrizes favoritas).

O fim da história fica um pouco vago, o que eu gostei, pois dá a possibilidade do espectador imaginar o que acaba acontecendo mais tarde.

Confira o trailer:

Quem já viu o filme (500) Dias com Ela, com certeza vai amar esse filme, pois eles tem alguns elementos em comum que os diferenciam de comédias românticas tradicionais.

Nota: ★★★★★

Alguém já assistiu esse filme? Gostou? Comente!

xoxo

Júlia

The Carrie Diaries

ImagemThe Carrie Diaries é uma série americana exibida pela The CW.  A série estreou em 14 de janeiro de 2013 e é um prequel (antecessor) da famosa série Sex and the City, estrelada por Sarah Jessica Parker.

O seriado se passa nos anos 80, onde a adolescente Carrie Bradshaw (AnnaSophia Robb) começa a ter seus primeiros questionamentos sobre amor, sexo, amizade e família, enquanto cursa o ensino médio e já sonha com a vida em Manhattan.

A série não é voltada para o publico adulto, que assistiu Sex and the City e sim para o público adolescente/jovem. Mas a grande pergunta é ” a série vai fazer sucesso? “. Mesmo sendo para público que não assistiu Sex and the City, a maioria das pessoas já assistiu os filmes ou sabe mais ou menos a história e sabe também como tudo vai terminar.

Toda segunda-feira vai ao ar um novo episódio no canal americano CW. Ainda não se sabe se a série virá para a televisão brasileira. Já foram ao ar dois episódios e a primeira temporada será composta por 13 episódios.

Imagem

Eu conhecia a AnnaSophia apenas pelos seus trabalhos quando mais nova, como Ponte para Terabítia e A Fantástica Fábrica de Chocolates, mas pelos primeiros episódios venho a dizer que estou gostando muito da atuação dela. Outra coisa muito muitoooooo interessante na série são os gatíssimos Austin Butler (que interpreta Sebastian, também conhecido como o ficante da Carrie) e Brendan Dooling (que interpreta Walt, o amigo gay).

Eu posso dizer que achei a série muito bonitinha e com certeza irei acompanhar.

Nota: ★★★★

E aí? Alguém já assistiu a série? Gostaram? Comentem.

xoxo

Júlia

O Lado Bom da Vida (Silver Linings Playbook)

Ouvi falar desse filme apenas quando foi divulgado a lista de indicados ao Globo de Ouro, eu logo me interessei, porque a minha atriz favorita (Jennifer Lawrence, sim eu amo The Hunger Games!) era a protagonista.

Imagem

O filme conta a história de Pat Solitano (Bradley Cooper) que depois de perder sua mulher, casa, emprego e a maioria de seus amigos é internado em uma instituição mental. Oito meses depois, Pat volta a morar com seus pais e começa a reconstruir sua vida, mas ele acaba conhecendo Tiffany (Jennifer Lawrence) que é tão problemática e complicada quanto ele, Tiffany resolve ajudar Pat a reconquistar sua mulher se ele fizer um grande favor a ela.

O filme não era exatamente o que eu estava esperando, ele é uma comédia dramática, em alguns momentos é engraçado, mas nada muito surpreendente. A história é divertida e meio melancólica, tem uma mensagem bonita, mas nada que faça refletir.

Confira o Trailer!

O Lado Bom da Vida recebeu oito indicações ao Oscar,  nas categorias: Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Diretor, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Edição. Ele ganhou o Globo de Ouro de Melhor Atriz – Comédia ou Musical (Jennifer Lawrence).

O filme só estreia nos cinemas brasileiros dia 1° de fevereiro (dá tempo de assistir antes do Oscar \o/ ), mas pela internet já é possível fazer o download do filme.

Nota: ★★★

Alguém já viu o filme? Vocês estão pensando em assistir? Comentem aqui

xoxo

Júlia

As Vantagens de Ser Invisível (Stephen Chbosky)

Imagem

Confesso que me interessei pelo livro quando vi essa foto do filme pelo Tumblr. Quando a foto foi divulgada ainda demoraria alguns meses para o filme ser lançado, então eu fui logo começar a pesquisar sobre o livro.

O título de cara me deixou meio inquieta, a primeira vista eu pensei que o protagonista era invisível, o que me fez pensar que a história devia ser meio infantil, então, deixei o desejo de comprar o livro de lado por algum tempo. Mas depois de um tempo, resolvi comprá-lo, pois eu estava muito afim de ver o filme e se eu gostasse, iria querer ter lido o livro primeiro (não sei se isso acontece com vocês, mas quando eu vejo um filme e depois tento ler o livro, eu perco quase todo interesse e acabo abandonando o livro).

A leitura, é muito rápida (li o livro em pouco menos que três dias), tem apenas 223 páginas, é muito bem diagramado (fonte, espaçamento e margem) e as suas folhas são brancas.

A história do livro é contada por cartas que o protagonista que assina como Charlie, escreve para alguém que ele não conhece, ele não coloca o endereço de resposta, com medo que o destinatário descubra quem ele é e o julgue, ou julgue as pessoas que ele escreve sobre na carta, por esse mesmo motivo todos os nomes que aparecem nas cartas são fictícios.

Charlie é um menino muito sensível e inocente, que escreve nas cartas tudo o que vivencia, ele fala sobre sua família, amigos, drogas, sentimentos. Aborda inclusive assuntos polêmicos como suicídio, homossexualidade, abuso sexual e violência.

Uma coisa muito interessante sobre o livro são as referências musicais e literárias. Eu me identifiquei muito com o gosto musical do Charlie.

O livro é divido em quatro partes mais o epílogo (que eu achei um pouco confuso, mas quando vi o filme, entendi um pouco melhor).

O final é muito bonito, comovente e diferente dos livros que eu estou acostumada a ler. Fiquei feliz que li esse livro nas férias, porque ele é meio deprimente e como nas férias eu fico bem leve e relaxada, não me deprimi tanto lendo ele.

Nota: ★ ★ ★ ★

Onde comprar: Saraiva (em promoção), Cultura, Submarino (em promoção)

Gostaram da resenha? Alguém já leu o livro? Me contem nos comentários.

xoxo

Júlia

Foto por Melina Souza